Sabe qual a origem da Black Friday?

Vai ficar surpreendido!


Se não sabe, o “Black Friday” ou “Sexta-feira Negra” é uma tradição americana, que consiste numa grande baixa dos preços nas principais lojas, durante a última sexta-feira do mês de novembro, coincidindo com a inauguração das compras de Natal. Esta tradição nos últimos anos tem vindo a ser adotada na Europa também. Mas qual é a origem desta tradição?





Porquê o nome Black Friday?

Antes de saber a origem da Black Friday, vamos entender como surgiu o seu nome? A Black Friday surgiu nos Estados Unidos em meados do século passado, não existe um consenso acerca da data exata. Além disso, vale lembrar que a origem verdadeira do seu nome também é cercada de controversas. Alguns apontam que o seu significado diz respeito ao fluxo conturbado de clientes, tanto no trânsito nas ruas e nas estradas, quanto dentro das lojas em busca dos preços mais acessíveis.

Há também outra teoria, designando que o termo Black Friday surgiu em setembro do século XIX, em um período em que os investidores detetaram uma queda do preço do ouro e uma grande crise econômica.


Qual a sua origem?

Agora que você já sabe como surgiu o nome, vamos ver qual a origem da Black Friday? A Black Friday surgiu nos Estados Unidos com o intuito de fomentar as vendas de final de ano, especialmente após o feriado de Ação de Graças, que para esse país é uma data de notável valor simbólico. A data da Black Friday é marcada por uma grande procura por produtos em promoção, aquecendo assim em demasia o número de vendas e pedidos.

Atualmente o fenômeno da Black Friday se espalhou também por outros países, um deles é o México (onde ela recebe o afável nome de 'bom fim de semana'), o Canadá e o Brasil, por exemplo, também contam com a Black Friday.


A origem da "Black Friday" está relacionada com o comércio de escravos negros nos EUA?

NÃO. Existem histórias que relatam que o significado da 'Black Friday', foi durante o comércio de escravos na América. Durante a sexta-feira negra, os escravos foram vendidos com desconto para impulsionar a economia. Daí 'Black' (escravos de origem africana) 'Friday' (a data da venda na última sexta-feira do mês de novembro)".


Outras teóricas

Mas há outras explicações para o advento do conceito de Black Friday. A plataforma norte-americana de fact-checking "Snopes" indica que a expressão terá sido registada pela primeira vez em 1951, quase 100 anos depois da abolição da escravatura nos EUA. O termo era usado para se referir ao elevado número de pessoas que faltavam ao trabalho para fazer "ponte", na altura do feriado do Dia de Ação de Graças, dizendo que estavam doentes. Este fenómeno de absentismo programado começou a ser classificado com uma expressão irónica entre a população dos EUA: a epidemia da “peste-de-ação-de-graças”.


Só na década de 1960 é que o termo passou a ser sinónimo das promoções feitas na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças, referindo-se à confusão causada pelo grande número de consumidores nas ruas. Outra explicação comummente utilizada para explicar este termo é a de que, neste dia, os lojistas conseguiam tirar as contas do “vermelho” graças ao elevado volume de vendas de artigos em promoção, passando-as a “preto” (positivo).



Visionary Fragment

1 visualização0 comentário
  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

©2019 por Visionary Fragment.