Significado das cores!

Qual o significado das cores na decoração da sua casa?



No artigo de hoje vamos falar sobre as cores que usa na decoração da sua casa e quais os seus significados. Deixarei também alguns exemplos do que poderá fazer para deixar a sua casa com aquele toque profissional mas feito por si.


Qual o significado das cores na decoração da sua casa?


A experiência e as preferências são muito importantes durante o processo de escolha, isso porque não existem regras absolutas, mas sugestões para boas decorações.

O uso de cores é um procedimento que embeleza e harmoniza ambientes. Refletindo estilos diversificados, elas atraem as energias certas dependendo de como são escolhidas e utilizadas.

Essa relação terapêutica é conhecida como cromoterapia, em que as cores apresentam diferentes vibrações energéticas e se propagam no ambiente, atuando em órgãos do corpo humano, restabelecendo qualidades importantes para a vida das pessoas.

Além disso, elas também alteram as percepções dos espaços. Um mesmo objeto ou ambiente ganha diferentes dimensões e sensações quando pintado com cores diferentes.

Não existem percepções padronizadas, cada contexto determina diferentes teorias e simbologias sobre as cores.


Vamos então deixar algumas dicas para a realização de uma boa escolha de cores para a decoração de interiores.


O amarelo


Proveniente da luz, o amarelo incentiva a comunicação, estimula o intelecto e abre o apetite, sendo indicado para ambientes escuros em conjunto com uma boa iluminação. Tons claros são neutros e tons fortes demandam cuidados para que os estímulos não sejam exageradamente provocados, resultando em sensações de confusão e atritos.

É recomendada para áreas de lazer e convivência.



Os tons de azul


Associado ao elemento água, o azul incentiva as pessoas à meditação e interiorização, isso porque diminui a frequência cardíaca e respiratória, sendo indicado para ambientes que busquem a transmissão de calma, tranquilidade e privacidade.

Recomendado para quartos, espaços de relaxamento e ambientes de estudo.

Quanto aos cuidados em relação a sua aplicação, seu excesso provoca sono, tristeza e angústia.



O branco


Muito utilizado, o branco é associado à paz, calma e limpeza, sendo considerado como uma tonalidade neutra. A sua aplicação é indicada para os mais variados ambientes, entretanto, demanda combinação com outras cores porque em excesso pode criar uma atmosfera impessoal. Quadros e móveis coloridos são ótimos para a quebra dessa monotonia.



Os tons de laranja


O laranja é ligado ao intelecto e à coragem, em doses certas estimula a criatividade, os sentidos e a comunicação. Ele é indicado para ambientes em que se deseja comunicação e diálogo, como salas de visita, de jantar e cozinha, assim como em escritórios de empresas, estimulando a criatividade. O seu excesso provoca conversas em demasia e desentendimentos, não sendo indicado para quartos por ser uma cor bastante estimulante.



O Lavanda


O lavanda é uma mistura de azul com roxo que transmite calma, contemplação, silêncio e espiritualidade. A sua aplicação minimiza atividades elevadas e situações stressantes por meio da criação de espaços espirituais especiais. Indicado para quartos, espaços de meditação e não recomendados para escritórios ou áreas de trabalho, pois o lavanda tem propriedades que acalmam, não que energizam.



O Lilás/violeta


As cores violeta e lilás trazem paz de espírito, sossego e tranquilidade. Em tons mais rosados incentivam o romance e em tons mais azulados estimulam a espiritualidade. As tonalidades são indicadas para ambientes que demandam purificação de energias, como espaços de saúde e quartos, transformando as negativas em positivas e acalmando a mente e o coração. O seu uso é moderado para que não provoque ansiedade e depressão.



O Preto


O preto é geralmente relacionado a masculinidade, sofisticação e formalidade, demandando cuidados para que não seja aplicado em excesso nos ambientes. Charmoso e elegante, o seu uso deve ser ponderado e combinado com outras cores, isso porque quando predomina transmite sensações negativas como angústia, depressão, escuridão e tristeza.



Os tons de rosa


Em tons claros ou escuros, o rosa relaciona-se com a ternura, afeto, romance e feminilidade. Como suas combinações são variadas, a tonalidade fica bem em vários ambientes, sendo muito utilizado em quartos de meninas e até mesmo de casais.



A cor roxa


Alternando entre o exótico e o erótico, o roxo com atribuições relacionadas a introspecção e espiritualidade. Considerado como uma tonalidade forte e marcante, a sua aplicação é mais indicada para detalhes, pois em porções maiores (como paredes inteiras de ambientes) remete vulgaridade.



Os tons de salmão


O salmão resulta de uma combinação de cores que se apresenta como um rosa claro alaranjado. As suas atribuições são relaxantes e harmoniosas, sendo recomendado para espaços delicados, de destaque e que busquem o incentivo à comunicação.



O Turquesa


O turquesa combina a serenidade do azul com a refrescância e os aspectos revigorantes do verde, originando uma tonalidade contemplativa. As suas atribuições reconfortantes são indicadas para ambientes que permitem movimentação e que estimulam o crescimento.



Tons de verde


O verde é associado a elementos orgânicos como flores, plantas e madeira. Símbolo de vida, crescimento, esperança e satisfação, estimula a saúde e o bem estar das pessoas. Refrescante, em tons claros é indicado para ambientes que busquem calmaria e os tons mais fortes elevam a energia, entretanto, seu uso excessivo também provoca sensação de opressão. O verde é também recomendado para áreas de espera e reunião.

Nos quartos das crianças também se torna uma excelente opção.



A cor vermelha


O vermelho é excitante e normalmente relacionado a energia, comunicação, apetite e agressividade. Ele também estimula as áreas de relacionamento afetivo, autoestima, sucesso e prosperidade. É recomendado para espaços de alimentação rápida, como sala de jantar e cozinha. Usado com bom senso, o vermelho é indicado para quarto de casal, ativando a sexualidade, o amor e a paixão. O seu excesso provoca atritos, agitação, nervosismo e preocupação.



A iluminação como ajuda


A iluminação altera a aparência das cores.

No caso da luz natural, ela é mais alaranjada no período da tarde e isso acrescenta a tonalidade sobre os materiais sobre os quais ela incide. Além de modificar nossa percepção das cores, a iluminação pode provocar a ilusão de que os espaços são maiores ou menores do que a realidade.

Ambientes em que predominam cores que absorvem bastante luz, como o preto, exigem iluminação mais intensa do que os com superfícies em cores mais claras.

Um lustre com foco voltado para o teto em tonalidade clara transmite a sensação de que o ambiente é mais alto, enquanto o foco para o piso diminui ilusoriamente a altura de um pé direito muito alto e assim, deixa o local mais aconchegante.

Uma nova tendência que também tem permitido a troca de cores dos ambientes através da tecnologia LED, que combina dinamismo e sustentabilidade para aplicação de efeitos cromáticos nos mais variados espaços.




Estas são algumas dicas para conseguir associar a cor com que mais se identifica nos vários cómodos da sua casa.

Mas acima de tudo, sinta-se confortável e transforme a sua casa num sitio acolhedor e com boas energias.

Em breve trarei mais dicas. Se tiver algum tema que gostaria de ver abordado, deixe um comentário no post ou envie-nos por email. Ficaremos aguardar o vosso feedback.


Visionary Fragment








Fontes: as dicas de decoração são de uma design de interiores - Jaqueline Watanabe.

Algumas imagens de são duas empresas fantásticas a www.circu.net e www.luxxu.net/.

As restantes são imagens retiradas do pinterest.











  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

©2019 por Visionary Fragment.